Ir para o conteúdo

Prefeitura de Junqueirópolis - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Junqueirópolis - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
25
25 AGO 2021
Saneamento básico: Uma bandeira defendida pelos deputados Reinaldo Alguz e Enrico Misas
enviar para um amigo
receba notícias
Indo de encontro com a proposta da Prefeitura Municipal de Junqueirópolis que discute desde 2018 a necessidade de buscar e solucionar as questões deficitárias e prioritárias atual do saneamento básico, através de Parceria Público-Privada (PPP) na modalidade de concessão dos serviços públicos de água e esgoto no município, os deputados do (PV) Estadual Reinaldo Alguz e Federal Enrico Misasi, aprovam o Marco do Saneamento Paulista.

A administração municipal através do prefeito Osmar Pinatto tem concordância, e aprova a iniciativa dos deputados Estadual Reinaldo Alguz e Federal Erico Misasi, em defender o marco do Saneamento Básico no Congresso Nacional e na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, a Lei estadual 17.383/2021, proporcionando investimentos privados que possam garantir eficácia nos serviços com qualidade na saúde da população através do saneamento básico de excelência.

Veja a postagem no facebook do deputado Reinaldo Alguz

#VocêSabia

#SaneamentoÉBásico

‪#‎saneamentoébásico‬ - Khám phá

https://s.yimg.com/nq/storm/assets/enhancrV2/23/logos/facebook.png

‪#‎saneamentoébásico - Khám phá

Em meio à crise hidrológica histórica enfrentada pelo Brasil nos últimos meses e às consequências na oferta de energia, um dado preocupa muito. Segundo o Instituto Trata Brasil, nosso país sofre com a grande ineficiência na distribuição da água potável pelas cidades.

Imaginem vocês que 39,2% de toda água potável captada não chega de forma oficial às residências do país, o que representa um volume equivalente a 7 mil e 500 piscinas olímpicas de água tratada desperdiçada diariamente.

No Estado de São Paulo, desperdiçamos 34,94% da água que tratamos. Esse volume se perde por causa de vazamentos causados por canos estourados e problemas de infraestrutura de tubulações corroídas.

No que se refere ao impacto ambiental, o volume de água que poderia ser economizado da natureza ajudaria a manter mais cheios os rios e reservatórios espalhados pelo país, que hoje sofre com a escassez de recursos.

O deputado federal Enrico Misasi e eu juntamos as forças de nossos mandatos para mudar esse cenário. Conseguimos aprovar o Marco do Saneamento Básico no Congresso Nacional e, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, a Lei estadual 17.383/2021, que criou unidades regionais de saneamento básico com o objetivo de uniformizar o planejamento, a regulação e fiscalização dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário, visando ganhos de escala, universalização e atendimento adequado à população.

Esses novos marcos legais, vão atrair mais investimentos privados, gerar empregos, ampliar o acesso à água potável, o tratamento de esgoto e melhorar a infraestrutura para evitar o desperdício e as perdas de água.
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia