Conselho Tutelar promove reunião com a Rede Intersetorial de Junqueirópolis
10 de Oct de 2017 às 13:10h

Conselho Tutelar promove reunião com a Rede Intersetorial de Junqueirópolis

Dica


Por: Conselho Tutelar

A reunião com a Rede Intersetorial de Junqueirópolis foi realizada na ultima sexta-feira, 29 de setembro, na sala de reunião da prefeitura municipal. De acordo com os participantes, esse encontro teve como finalidade a articulação do trabalho em rede, conforme orientação do Promotor de Justiça da Comarca Exmo. Dr. RUY FERNANDO ANELLI BODINI.

 

Pauta: Família, Sociedade e as Drogas.

Na oportunidade foram apresentadas propostas para materializar ações protetivas e intervenções de equipes técnicas, cujos profissionais serão psicólogos, pedagogos e assistentes social com remuneração, assim tendo finalidade para atender as famílias e alunos em situação de vulnerabilidade ou risco social da escola Idene. Trabalho que conta com apoio de um veículo para realização de visitas domiciliares.

Sendo sugerido que a equipe técnica seja contratada pelo Estado, específica para a demanda do município, de acordo com os levantamentos enfrentados pela rede de atendimento.

Foi destacada a ausência de proteção às famílias de alta complexidade, pois no município não tem um órgão de referência CREAS que prioriza o fortalecimento de vínculos.

 

Sendo destacado na reunião a importância de:

ü  Fortalecimento dos vínculos familiares: aproximação de seus integrantes objetivando o crescimento da criança e adolescente em um ambiente livre de violência.

ü  Combate ao uso de drogas: ampliação das redes de atendimento ao usuário de drogas, e desenvolvimento das atividades que promovam o afastamento e a possível superação da doença.

ü  Redução/Superação da violência contra crianças e adolescentes, visando combatê-la: preenchimento do tempo ocioso com o desenvolvimento de atividades que despertem a reelaboração de valores sociais e solidários, promovendo a cultura da paz.

 

De acordo com a demanda do município e de sua extrema urgência foi proposta ações Imediatas provisórias:

ü  Organização de Equipe de apoio técnico para atender os casos mais urgentes da rede.

Sugerimos que para validar as ações protetivas e intervenções da Equipe Imediata, que sejam convocados as famílias por esta Promotoria de Justiça para esclarecimentos e orientações que terão que participar das decorrentes propostas oferecidas pela Equipe. Nosso maior objetivo é garantir os direitos da criança e do adolescente, resgatar os valores, educação e formar bons cidadãos, haja vista serão eles o futuro da nossa comunidade.

 

 

Foto:  

Estiveram presentes os representantes das entidades de atendimento do município: Do Conselho Tutelar: Élida, Claudia e Nádima, Assistência social Elayne e Luciana; Diretora da Educação – Diretora Ilzete Jampan; Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) - Daniela e Tatiana; Espaço amigo - Daiane; Jovem Cidadão - Lucimara; Semente da Vida - Sheila e Melissa; Sociedade de Proteção a Infância (SPI) - Maria Helena; Escola Idene -  Arlete e Marcílio; Nasf - Maira e Juliana, Psicóloga Joslaine.

 

Leia também: