Caps promove ações preventivas durante o “Setembro Amarelo”
04 de Sep de 2018 às 11:09h

Caps promove ações preventivas durante o “Setembro Amarelo”

Dica


As atividades foram iniciadas nesta terça-feira(4) com exposição do bazar,  demonstração da oficina terapeutica, coral, dança, palestra com a presença da medica psiquiatra Drª Daniela de Oliveira Guidini, realizadas na praça Álvaro de Oliveira Junqueira, evento que acontece até nesta quarta-feira(5).   

O evento é aberto a toda a população, e visa chamar atenção da sociedade e fomentar diálogos de conscientização e prevenção.

As ações durante o mês,  é dedicado à prevenção do suicídio, conhecido como “Setembro Amarelo”, o movimento que está no quinto ano, que teve inicio em 2015, onde foram realizadas suas primeiras atividades, concentradas em Brasília- DF. Que foi idealizado pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), CRF (Conselho Federal de Medicina e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria). Mundialmente o IASP ( Associação Internacional para Prevenção do Suicídio),  estimula a divulgação da causa, vinculado ao dia 10 do mesmo mês no qual se comemora o Dia Mundial de Prevenção  do Suicídio. Em Junqueirópolis/SP, o Centro de Atenção Psicossocial – CAPS I apoia a iniciativa, desde o ano anterior. O objetivo direto é alertar a população em geral sobre  o suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção e desmistificar a busca por ajuda.

De acordo com dados do CVV, o Brasil é o 8º país do mundo em número de suicídios. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a cada 45 minutos uma pessoa tira a própria vida, totalizando 32 mortes por dia. O tema, ainda tido como tabu na sociedade, é pouco debatido e já é considerado caso de saúde pública. Ainda de acordo com o CVV, a cada 10 (dez) mortes, 09 (nove) poderiam ser evitadas.

No nosso município, possuímos um Centro de Atenção Psicossocial, local onde a saúde mental da comunidade recebe atenção, atendendo a clientela com transtornos mentais, graves e persistentes. É um dispositivo de portas abertas, ou seja, não é necessário encaminhamento médico, para passar pela triagem e usar o serviço.

Está localizado na Rua Independência, nº 967. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. O CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) está aberto á visitas da comunidade no período de funcionamento.

Leia também: