Vigilância epidemiológica de Junqueirópolis intensifica ações de combate a Dengue
30 de Jan de 2020 às 10:01h

Vigilância epidemiológica de Junqueirópolis intensifica ações de combate a Dengue

Dica

A vigilância epidemiológica de Junqueirópolis informa que até o dia 27 de janeiro de 2020 já registrou 14 notificação de suspeita de dengue, confirmou 2 casos positivos no município, e 1 caso descartado, os demais casos estão em investigação, aguardando resultado de exames complementares.

Informamos também que no mês de janeiro foi realizado a Avaliação da Densidade Larvária – ADL, e foi obtido o Índice Predial e Índice de Breteau = 1,66, classificado de acordo com o Ministério da Saúde como estado de “ALERTA”!

Foram encontrados 9 focos, sendo 7 deles positivos para o Aedes aegypti nos 421 imóveis trabalhados durante a execução dessa atividade.

As medidas de combate ao vetor estão intensificadas neste começo de ano, como exemplo: horários alternativos de visitas dos Agentes Comunitários de Saúde - ACS, com finalidade de visitar a maior quantidade de imóveis possível nas ações de controle de vetor, além do reforço nas visitas e cuidados com os pontos estratégicos e valas do município. A colaboração da população é fundamental para o combate do Aedes aegypti, podemos considerar que cerca de 95% do combate do mosquito é de responsabilidade da população, os outros 5% é de competência do poder público, que deve manter o controle de locais de grande proliferação da doença.

A melhor maneira de combater o mosquito é não o deixar nascer, o mosquito gosta de água limpa e parada, não precisar ser em grande quantidade, sendo que uma simples tampa de garrafa pode servir de criadouro do Aedes. Verificar nossos quintais uma vez por semana, receber os agentes comunitários de saúde em nossas residências, usar repelente, são medidas de prevenção fáceis de realizar. 

Fiquem atentos aos sinais e sintomas da dengue, como: febre alta com inicio súbito, manchas ou erupções pelo corpo, dores musculares, dores nos ossos e articulações, dores ao redor dos olhos, coceira, forte dor de cabeça, cansaço, moleza, vômito, tontura, hemorragia, plaquetas baixas, leucócitos baixos. Se apresentar esses sintomas procurar a unidade de saúde mais próxima!

Nesta quinta feira (30) aconteceu na sala de reuniões da prefeitura de Junqueirópolis, onde o diretor Adílio Bortolato e a equipe da vigilância se reuniram com os proprietários de empresas que comercializam sucatas, recicláveis, oficinas e outros, onde na pauta esteve a importância dos mesmos realizarem de forma geral uma vistoria para se adequarem ao combate do ao mosquito Aedes aegypti, evitando que o seu estabelecimento não seja um local reprodutivo do mosquito.

De acordo com o diretor Adílio Bortolato aqueles empresários e pessoas  que não se adequarem no combate a dengue, serão responsabilizados.    



UM GRANDE MOVIMENTO PELA SAÚDE DE TODOS DEPENDE DA AÇÃO DE CADA UM!

LEMBRE-SE A DENGUE PODE MATAR!

Leia também: